| O QUE É | Aparthotel: 180 unidades de alojamento turístico – Villas pertencentes a proprietários privados e exploradas turisticamente pelo Grupo Pestana (alguns serviços incluídos).

| ONDE É | Península de Troia, Setúbal. (Estrada Nacional 253-1 , Península de Troia , 7570-789 Grândola)

| O QUE INCLUI | Área superior a 100 hectares; acessos exclusivos à praia; piscinas interiores e exteriores; campos de ténis, padel e polidesportivo; Centro de Fitness (saunas, banho turco e ginásio); campo de golfe (nas proximidades) com condições especiais para os hóspedes do Pestana Troia Eco Resort.

| QUANTO É | Desde 150EUR/noite

| O QUE LEVAR | Comes e bebes (há poucas opções de supermercados/mercearias). De resto: O mínimo.

| CONTACTOS | Email Reservas fo.troia@pestana.com; Telefone Reservas 808 252 252; Telefone: +351265240150.

 

 

“Tudo o que se quer está mesmo ali: debaixo do nariz, em frente ao mar, por cima da areia (…)”

 

 

Existe uma duna, perdida numa península, onde o mar é terno, e a areia reflete o sol em mil grãos que se prendem à pele.

Nessa mesma duna, existe pouco mais, mas, se procurarem com olhos de quem descobre, talvez tenham a sorte, e o acaso, de encontrar umas quantas casinhas  que lá habitam, escondidas por entre a bruma densa de ervas secas, tão bem enquadradas, que parecem ter surgido da terra, numa camuflagem perfeita, tão naturalmente disfarçada, que difícil será encontrar impressão digital que acuse a obra humana.

Ali, cheira a madeira e a eucalipto. Ouvem-se uns quantos passarinhos que, se não cantam é porque a tranquilidade pede para não ser perturbada, nem mesmo pelo próprio silêncio. A paz habita em cada casa, porque não há porta que se tranque na fechadura (a única barreira é a rede do mosquiteiro, que não impede que o ar entre e areje). Num quadro amarelo e verde seco, não há amor que não aconteça à primeira vista.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Ao passar o portão, a regra é clara: Fazer pouco e viver muito. Os pequenos e grandes prazeres servem-se à mesa, não há hora nem local que obrigue a tirar o pijama, e a ronda não tira férias até ser forçada a fazer as malas de regresso. A receita é muito simples: Acordar e deitar é quando se quer; os únicos dilemas balançam entre a praia e a piscina, ou sobre o vinho e coca-cola. Comer, beber, dormir, repetir – eis a questão.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Chegámos e entrámos por ali adentro como se a casa fosse nossa, não que a vontade fosse o contrário, e colonizámos o espaço à nossa medida. Sandálias perdidas do par, toalhas estendidas lá fora até ao dia seguinte, frigorífico abastecido, e fatos de banho estendidos no chuveiro: tudo tem um espaço, e todo o espaço é sentido como só nosso.

 

 

Nesta caça ao tesouro, o mapa é fácil de descobrir: umas quantas piscinas partilhadas, um centro comum com diversos afazeres (sala de jogos, restaurante, ginásio e campo de padel), casas-bases de todos os tipos e feitios para abrigar equipas de todos os tamanhos: cabanas de madeira, pedra e ferro, grandes e pequenas, com e sem piscina. Em comum têm a promessa de estar equipadas com o necessário e essencial.

 

 

O percurso de aqui para ali, é feito a pé ou sobre duas rodas (cada lote vem equipado com X bicicletas). Mais não é preciso, porque não há quem queira ir muito longe. Tudo o que se quer, está mesmo ali: debaixo do nariz, em frente ao mar, por cima da areia, numa duna perdida, que sorte a nossa, foi encontrada, qual tesouro precioso num baú feito de madeira.

 

 

| OS 10 MANDAMENTOS  DO PESTANA-TROIA ECO RESORT|

  • 50% Reserva Ecológica, 45% de Área Verde Protegida e apenas 5% de Construção.
  • Infraestruturas integradas na paisagem e na vegetação nativa promovendo a conservação dos habitats naturais da fauna e da flora. Utilização preferencial de vegetação autóctone e tradicional local.
  • Utilização de materiais de elevada qualidade com cores que favorecem a sua integração e de pavimentos pedonais permeáveis. Interdição de vedações em tijolo ou betão.
  • Utilização de material reciclado proveniente da demolição de 2 edifícios na Península de Troia na construção de arruamentos.
  • Utilização de equipamentos eficientes e tomada de medidas de otimização do consumo de água, que incluem sistemas de monitorização e autoclismos de dupla descarga.
  • Áreas impermeabilizadas reduzidas ao máximo. Recurso a casas modulares cujos módulos assentam no solo sob distanciadores metálicos mantendo a sua permeabilidade.
  • Construção de um corredor de proteção acústica ao longo da via longitudinal de Troia, única fonte de ruido com interesse de intervenção. Aplicação de soluções acústicas otimizadas nas unidades de alojamento.
  • As águas residuais são tratadas e encaminhadas para o sistema de rega do empreendimento e para outros fins que não exijam água potável.
  • Existência de um plano de gestão de resíduos perigosos; de locais para arrumação segura e adequada das embalagens de limpeza e existência de ecopontos em todo o eco resort.
  • Apoio a Instituições de Solidariedade Social

 

Websitehttps://www.pestana.com/pt/hotel/pestana-troia

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *